Ícones do cinema – 11 de junho

Com intervalo de 4 anos, o dia de hoje foi escolhido para o lançamento de 2 ícones do cinema para quem tem, digamos, uns 40 e poucos anos. O primeiro foi blockbuster total, ainda hoje leva espectadores às lágrimas e à firme convicção de vida extra terrestre. O segundo virou sinônimo de adolescência divertida e despreocupada. Quem não lembra, quem não assistiu pelo menos 2 vezes?

P.S.: e os traillers? Atração à parte para contar a história do filme. Muito bom rever.

Jantar anos 80 – pavê ou pra comer?

Quem nunca? Este é pra comer, e com muito gosto!

pavê chocolate receita

O tradicional seria fazer em um pirex grande, eu sei, mas achei mais charmoso (ou gourmetizado se você preferir, rsrs) montar em taças individuais. De todo modo, ficou uma delícia e é muito muito fácil de fazer. Foi a primeira receita que eu lembro de seguir e fazer sozinha quando criança, vinha na caixinha do chocolate do padre, quem lembra?

Receita

Ingredientes
1 colher de sopa de manteiga
1 xícara de chocolate em pó
8 colheres de sopa de açúcar
1 lata de creme de leite com soro
1 pacote de bolacha maizena

Modo de preparo:

Derreta a manteiga, em fogo brando acrescente o chocolate e o açúcar, mexa bem. Acrescente o creme de leite, misture bem sem deixar ferver. Reserve para esfriar um pouco. Em um pirex (ou nas tacinhas) intercale camadas de bolacha e creme de chocolate, terminando com o creme e uma farofinha de bolachas por cima.

Devo acrescentar que nos anos 80 ninguém tinha problema com colesterol ou obesidade, porque haja manteiga, açúcar e creme de leite nestas receitas!

Jantar anos 80 – Prato principal

Claro! Estava em todos os cardápios de jantares descolados: o estrogonofe.

estrogonofe receita

Servido com arroz branco e batata palha, era indispensável para receber visitas. O prato era tão especial que quando herdei todas as receitas da minha avó achei 5 variações dele. Lembro que ela realmente achava muito chique servir estrogonofe!

Esta é uma das receita originais dela.

Receita

Ingredientes
1 kg de filé mignon
4 colheres de sopa de manteiga
2 cebolas grandes cortadas pequeninho
2 copos de suco de tomate
1/2 copo de conhaque
2 colheres de sopa de molho inglês
200 g de champignon picado
1 lata de creme de leite gelado (sem soro)
sal e pimenta à gosto

Modo de preparo
Corte a carne em cubinhos, tempere com sal e pimenta e refogue na manteiga com a cebola e o champignon. Quando dourar bem, junte o conhaque e deixe evaporar um pouco (se preferir, pode flambar). Em seguida adicione aos poucos o suco de tomate misturado com o molho inglês e o creme de leite. Acerte o sal e a pimenta a gosto, diminua o fogo para cozinhas sem deixar ferver.

Sirva com arroz branco e batata palha (isso está escrito no final da receita!).

Deu água na boca?

Jantar anos 80 – da entrada à sobremesa

A brincadeira é assim: você inventa temas e descobre quais as receitas que melhor combinam com eles. Anos 80. Alguém lembra o que era chique servir em um jantar nos anos 80?

Não precisei de muito, lembrei do que minha mãe fazia e com isso na cabeça saí perguntando para algumas pessoas. Incrível: todas responderam a mesma coisa! Por unanimidade, o estrogonofe era o prato mais “cool” que podia-se servir. Para entrada e sobremesa também foi fácil. Melão com presunto era campeão de bilheteria e quem não lembra de alguma receita de pavê no pirex? Todo mundo tem uma!

Com isso na cabeça, chamei alguns amigos e fui às compras (e de lá pra cozinha).

Melão com presunto não tem muito segredo. Uma fatia de melão por prato e presunto fatiado bem fininho por cima, sem enrolar, apenas jogadinho, como se fosse por acaso. Ah, este é o segredo: presunto bem fininho! Em uma adaptação gourmetizada do século XXI, podemos colocar presunto cru, mas por favor, sempre bem fininho… não exixste nada mais desagradável que ficar mastigando um naco de presunto indefinidamente.

O resultado fica mais ou menos assim:

receita melão com presunto