Casa de Vidro – Morumbi

Segundo o site iconichouses.org, no Brasil temos 4 casas que são ícones da arquitetura mundial, duas ficam no Rio de Janeiro (Casa Walther Moreira Salles e Casa das Canoas) e duas em São Paulo, a Casa Oscar Americano e a Casa de Vidro.

A Casa de Vidro foi projetada por Lina Bo Bardi, no início dos anos 50 e em 1952 o casal Lina e Pietro se mudaram para lá, no então distante bairro do Morumbi. Na época, a casa ficava isolada e se impunha flutuando sobre a geografia da região. Com todo o jardim, plantado pela própria Lina, hoje em dia a casa está dentro de um bosque particular, em um terreno de 7.000 metros quadrados.

Casa de Vidro

Casa de Vidro

Na Casa de Vidro funciona o Instituto Lina Bo e P.M. Bardi, fundado em 1990 e que conta com um acervo constituído de obras de arte, móveis, documentos, objetos, cerca de 7.500 desenhos de Lina e 17.000 fotografias. A casa é tombada pelo CONDEPHAAT e pelo IPHAN e tornou-se um ponto de visita obrigatório para arquitetos internacionais e fonte de pesquisa para estudiosos.

A visitação é gratuita, mas os dias e horários são bem restritos, por isso acesse www.institutobardi.com.br para programar o seu passeio.

Casa de Vidro

Destaque para a vista aberta da época, em direção ao que hoje é a Marginal Pinheiros e os bairros do Brooklin e Campo Belo.

Casa de Vidro

Casa de Vidro

Casa de Vidro

Maquete do MASP em exposição na Casa de Vidro.

Anúncios

Festival des Métiers – Hermés

Terminou ontem uma mostra interativa trazida pela primeira vez ao Brasil. A grife francesa Hermés montou na FAAP, em São Paulo, um espaço com 8 artesãos da marca que trabalharam ao vivo como nos ateliers na França.

IMG_0899

Além dos famosos lenços de seda, foi possível acompanhar a confecção de bolsas, gravatas, porcelanas, jóias, selas: tudo feito artesanalmente. Um trabalho minucioso e muito preciso. Técnica e habilidade que chegam à perfeição.

O Festival de Métiers da Hermés já aconteceu em diversas cidades pelo mundo, tendo esta daqui vindo de Bangkok, na Tailândia, e sendo sua próxima parada em Viena, na Áustria.

Hermés

Para lançar um novo padrão no mercado, todo o processo, desde a ilustração até a estamparia, leva 2 anos e podem ser usadas 13, 20, até 48 telas de impressão. Uma para cada cor.

Hermés

Hermés

As gravatas, também costuradas à mão, obviamente, tem medidas exatas e pontos precisos que devem ser respeitados para que elas tenham um caimento perfeito.

Hermés

Mais do que justificar seu custo, o trabalho artesanal confere exclusividade à marca e é uma aula de arte, cuidado e talento, preservados fervorosamente em uma era totalmente tecnológica e industrializada.

Hermés

Hermés

Biblioteca com vista para o parque

biblioteca villa-lobos

Inaugurada em dezembro do ano passado dentro do parque, a Biblioteca Parque Villa-Lobos é encantadora, como toda biblioteca, e muito interativa. Com mais de 15.000 títulos, atente a todos os públicos e gostos. Desde o livro de papel, aquele mesmo, que a gente conhece bem, até o Kindle (livro eletrônico), que os sócios podem utilizar durante sua permanência no espaço. DVDs, história em quadrinhos, revistas e jornais completam o acervo. O frequentador ainda conta com jogos de tabuleiro, games para computador, RPG e brinquedos. São 2 horas de uso do computador por dia para navegar na internet, ouvir música ou assistir filmes do acervo, além de wi-fi de graça para os visitantes.

biblioteca villa-lobos

Para quem está no parque, para as crianças e, claro, para os apaixonados por livros, vale muito a visita e também tornar-se sócio, o que é muito simples: basta apresentar um documento com foto. Já na primeira visita o sócio pode levar 3 livros para casa e devolver em 15 dias, podendo renovar por mais 15 pela internet, sem precisar voltar lá. A partir do segundo empréstimo, são permitidos 5 livros.

Estes são os 3 da sessão infantil que vieram para casa este final de semana. Vamos ler e fazer novas visitas à Biblioteca, que fica bem em frente ao espaço infantil do parque. Um passeio muito gostoso no final de semana, ao ar livre e no meio dos livros.

biblioteca villa-lobos

biblioteca villa-lobos

A Biblioteca Parque Villa-Lobos fica aberta de terça a domingo das 10 às 19h.
As fotos são de divulgação da biblioteca.

Auditório Ibirapuera

Algumas fotos…
e a programação para o feriado de quem fica em São Paulo.

auditorio ibirapuera

auditorio ibirapuera

auditorio ibirapuera

auditorio ibirapuera

auditorio ibirapuera

Nos dias 1º e 2 de maio, às 21h, e no dia 3, às 19h, o Auditório Ibirapuera apresenta Música no Foyer, projeto que promove espetáculos musicais gratuitos no hall de entrada da casa com o melhor da música coral, erudita, brasileira e instrumental. As atrações desta temporada são os grupos Chorando em Ré MenorSeis Canta Saxofonando, formados por alunos e ex-alunos da Escola e do Coro do Auditório Ibirapuera e da Escola de Música do Estado de São Paulo (Emesp).

Musica no foyer

Desafio Dulwich Gallery

No sul de Londres, a Dulwich Gallery lançou um desafio aos seus visitantes. Desde 10 de fevereiro, uma de suas obras expostas era falsificada.

Dulwich Gallery

A galeria encomendou de um estúdio de arte chinês uma reprodução de U$ 120 de uma obra do seu acervo, que ficou à mostra por 2 meses. A ideia foi do artista conceitual norte-americano Doug Fishbone, que substituiu 1 das 270 obras do museu. Segundo ele, a cultura chinesa, diferentemente da ocidental, não vê como problemática a réplica de artefatos culturais e artísticos (alguém tinha dúvida?).

O desafio fez sucesso: das 400 visitas diárias, o museu passou a receber 4.000.

E hoje foi o dia da revelação. A obra falsificada era do francês Jean-Honore Fragonard (séc XVIII).

Fragonard Dulwich Gallery

A obra da esquerda é a original. E para você, qual é o limite da réplica, da reprodução ou da pirataria?